Bg_site_br

1

Esquenta para festa de São João: doce de abóbora com cal

05/06/2014 - 1 Comentários - Receitas |

Esse doce de abóbora é uma das coisas mais gostosas do inverno. É diferente do doce em pasta, que parece com chimia. Tem muito mais jeito de sobremesa, e uma textura que não me lembra nenhuma outra comida.

É um clássico das festas de São João, apesar de andar meio fora de moda.

Me baseei nas dicas da minha mãe e nessa receita.

1kg de abóbora jacaré. Poderia ser abóbora de pescoço (também conhecida como abóbora menina)

3 colheres de sopa de cal virgem* (aquele mesmo encontrado em lojas de construção)

2 xícaras de açúcar cristal

3 xícaras de água

10 cravos da índia

2 paus de canela pequenos

(Medida da xícara: 240ml)

Primeiro, descasquei a abóbora e cortei em cubos de aproximadamente 3cm de lado.

Olhando a foto abaixo dá pra ter idéia de onde veio o nome da abóbora jacaré: isso é uma fatia do pescoço da abóbora!

Como ela é um pouco dura, recomendo usar uma faca bem afiada pra dar conta de cortar os cubinhos sem ter que se esforçar demais e sem correr o risco de a faca escapar.

Grande parte dos acidentes com facas acontecem quando elas estão cegas.

Em seguida, dissolvi bem o cal em 2 litros de água e despejei em cima da abóbora picada, em uma tigela grande. É bom ter certeza de que toda a abóbora esteja coberta pela mistura de água e cal.

Cobri com um pano de prato de deixei descansar de um dia para o outro.

Nesse processo, o que acontece é que o cal "cozinha" quimicamente a parte de fora dos cubinhos, endurecendo essa superfície.

No outro dia, descartei a água com cal e lavei os cubos de abóbora muito bem em água corrente. Isso pode ser feito em uma peneira grande, ou escorredor de macarrão, pra facilitar.

Em uma panela grande, levei a água, o açúcar, o cravo e a canela para cozinhar em fogo baixo até formar  uma calda fina. Acrescentei os cubos de abóbora e continuei cozinhando em fogo baixo até que ficassem macios por dentro, mas ainda firmes por fora. Tem que experimentar de vez em quando pra saber quando está bom. Deve ter levado uns 30 minutos.

Deixei amornar e servi, porque não conseguimos resistir ao cheiro do doce.

Mas o costume é servir à temperatura ambiente ou gelado.

Conserva-se bom por muito tempo guardado em vidro de conserva ou tupperware de fechamento hermético, na geladeira.

Digamos que rende umas 15 porções.

* Sobre o cal: Aqui no Brasil, em qualquer lugar que se procure por cal virgem, a pessoa vai encontrar o produto certo para preparar o doce com segurança. Se for comprar esse produto em algum outro lugar, se certifique de estar comprando óxido de cálcio puro.

20/06/2014 16:30:42

Marmita

Comentário
Parece optimo, quando tiver abobora extra por aqui já sei o que tenho que fazer. beijo

Deixar um Comentário